MUDANÇA DE ESQUEMA



A preparação gremista para partida contra o León de Huánuco, na quinta-feira, às 17h, no Peru, começa em efetivo nesta segunda. Sem contar com André Lima nem Júnior Viçosa, Renato Gaúcho se vê obrigado a mudar o esquema do time tricolor. O esquema 4-5-1 passa a ser a principal novidade no Olímpico.

A razão para a troca é ausência de atacantes disponíveis. André Lima passou por uma cirurgia no joelho direito e deve voltar a jogar somente daqui a dois meses. Júnior Viçosa se recupera de uma virose e também não deve ficar disponível. Escudero ficou fora durante toda última semana com dores no joelho direito. Além disso, Lins e Wesley não estão inscritos na competição continental.

Assim, somente Borges e Diego Clementino restam como opções para as funções de frente. Mesmo que seja possível contar com a utilização de Escudero – que ainda sentirá falta de ritmo, mas está liberado pelos médicos – o mais provável é que somente um jogador esteja posicionado mais próximo do gol adversário.
Sabendo da mudança que iria se impor, Renato Gaúcho elogiou o esquema tático durante toda semana e indica sua utilização. Com isso, o desenho de meio-campo contaria com Fábio Rochemback e Adílson em uma linha de marcação, Lúcio pela esquerda, Carlos Alberto pela direita e Douglas centralizado, auxiliando Borges, que será o único atacante.
A linha defensiva segue inalterada com: Victor; Gabriel, Rodolfo, Rafael Marques e Gilson. A única possibilidade de alteração na zaga é a entrada de Bruno Collaço, que vem aproveitando as chances que recebe e mostrado serviço, ao contrário de Gilson que recebe cobranças.
Serão poucos os treinamentos para encaixar a nova formação. Além desta segunda, terça-feira é provável um trabalho em Lima, já que o elenco chega na capital peruana durante a tarde. Quarta haverá a última atividade antes do jogo, mas dificilmente será tática, pois no mesmo dia ocorrerá o deslocamento para Huánuco, local da partida.
O Grêmio ocupa o segundo lugar no grupo 2 da Libertadores com 6 pontos. Na sua frente está o Junior de Barranquilla-COL, que tem 9. Atrás, o León de Huánuco-PER com 3 e o Oriente Petrolero-BOL, que ainda não pontuou. Caso vença, o Grêmio encaminha vaga nas oitavas de final ao abrir seis pontos em relação ao terceiro colocado do grupo. Depois deste jogo restarão duas partidas até o fim da fase de grupos: Junior, no Olímpico, e Petrolero, na Bolívia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário